Apresentação do volume de Renato Grimaldi, C_o_m_u_n_i_t_à _d_i_ _c_o_l_l_i_n_a:_ _u_n_ _s_i_s_t_e_m_a_ _d_i_ _s_i_s_t_e_m_i_

Um selo da atividade cultural fervorosa que domina a cidade de Cossano Belbo, onde a família Tosa tem raízes pessoais e corporativas, foi apresentado uma nova jóia literária de Renato Grimaldi dedicado a este país e sua importância. O volume, foi dedicado a Beppe Tosa, dos quais em 5 de outubro foi lembrado a década do desaparecimento, e outros ilustres cidadãos Cossanesi que lutaram com as armas da política, cultura, economia,e ate com os da guerra, mesma forma que eles amavam Cossano e eles dedicaram suas vidas para torná-lo um lugar melhor.

O manuscrito quer reconhecer a atividade fervorosa de um país-laboratório, usando as ferramentas do conhecimento científico para oferecer às novas gerações um equilíbrio construtivo de processos inter-curso em seu contexto de vida, começando principalmente a partir de meados do século XIX. Mas o modelo sistêmico, que sustenta a análise realizada neste volume, também é proposto como um método sociológico eficaz de leitura das comunidades locais espalhadas pelo país.

Transformações, perdas, aquisições, recuperações e grandes inovações marcaram, ao longo do tempo, vários cursos para a construção de identidades individuais e coletivas, consolidando, porém, um patrimônio comum a não perder, a olhar para o presente mas voltado para o futuro, na crença generalizada de que – escreve Umberto Eco – «quem perde a memória perde a alma».

By | 2018-06-08T15:16:17+00:00 Dezembro 16th, 2017|

Utilizzando il sito, accetti l'utilizzo dei cookie da parte nostra. maggiori informazioni

Questo sito utilizza i cookie per fornire la migliore esperienza di navigazione possibile. Continuando a utilizzare questo sito senza modificare le impostazioni dei cookie o cliccando su "Accetta" permetti il loro utilizzo.

Chiudi